sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Ao Caro Marx

Já não é de hoje que leio alguns de seus escritos e teorias. Desde aquele tempo em que eu imaginava que ser professora era vocação, privilégio. Sentava naquela cadeira desconfortável, folheava o livro de filosofia e lá estava você: Karl Marx. Num primeiro momento estranhei aquela confusão de palavras feito estar perdida diante de uma multidão afoita. Queria conhecê-lo, mas não foi fácil e nem está sendo. Esta sociedade capitalista, a qual tanto se refere em suas obras e falas, continua viva, parece-me que até com mais intensidade e mais disfarçada. Conhecer esta realidade foi como tirar doce de criança ou a esperança de alguém do proletariado, como queira. O Sr criticava tanto a distinção de classes, mas por que então falava tanto nelas?! Muitas vezes para se resolver um problema, deve-se fazer em silêncio, pois quanto mais se versa sobre algo, mais presente está. E este é um truque da imprensa; é só analisar e observar como cria-se pânico facilmente na população, explicitando em todos telejornais e em todos os momentos tais reportagens que levam ao "delírio".
Caro Marx, passei aquele tempo de ilusão docente sempre acreditando no que o Sr pregava: a educação deve ser igualitária, sem distinção de classes, levando a transformação da sociedade. Transformar e não reproduzir. Porém, é sabido que precisamos manter vivo muito de nossas culturas para que as mesmas não se percam no tempo. Para isso, é necessário a reprodução. Apesar de compartilhar do desejo de transformação da sociedade, hoje compreendo o qual complexo este processo é, pois transformar é criar uma nova herança cultural, deixando de lado esta personificação, estes vícios que causam tanto mal à sociedade.

6 comentários:

Jessie ♥ disse...

vejo que estás indo mto bem no curso XD

Adrielly Soares disse...

caraca, só agora fui ver que você faz ciências sociais. mentiraaaaaa!!! eu também façooo. :O

que coincidência absurda. :O

Marx é um cara realmente complicado. Até porque não gosto muito de Ciência Política.
Mas adorooo antropologia. Em que faculdade tu faz?

Beijooo

Dara disse...

que template lindo! :D

http://arteslee.blogspot.com/

Adrielly Soares disse...

mah nemmm que eu leio Rosseau. Ainda bem que a gente não precisou ler, não inteiro.
Mas então, a facul tá bem, andei atrasando alguns períodos mas de resto to de leve. ;D

eu nãao lembro que período você tá mesmo?

.justlow disse...

Oi ti achei no blog de uma amiga minha , adorei seu cantinho e gostaria de segui-la, te convido para que venha conhecer meu blog , e me seguir tbem assim poderás ficar antenada com as minha vida meia maluca
bjos da lowkita ;*

Ana Martins disse...

Olá... tudo bem?
Vim um comentário seu no blgo da Cih, então resolvi vir te visitar. Muito fofo seu layout.

Beijos