segunda-feira, 15 de junho de 2009

Sobre os namorados

Paquera, ficante, rolo... É, eu não sou moderna a ponto de chamar alguém assim. É amigo ou é namrado. Sem mais, nem menos. Coisa estranha um ser humano denominar o outro de rolo. Por acaso alguém aí é um papelzinho que se enrola? Cada um dê o nome que quiser ao outro ser que ama, que beija ou que simplesmente sente atração. Ou às vezes nada disso, é apenas alguém pra companhia, pra não se sentir sozinha, nem estar fora do grupo social. Sim, sim, existe um grupo social para os acompanhados, ou você acha que os solteiros querem andar com gente acompanhada? NÃO! É sempre aquela briguinha "inconsciente" (mais consciente do que nunca): -Bah, queria ir, mas minha mãe me convidou pra ir ao cinema (levando em conta que alguém solteiro num sábado à noite dispense alguma festa, mas tudo bem, eu finjo que acredito).
Acho uma coisa linda aqueles orkuts cheios de declarações, comentários em foto, depoimentos, comunidades lindas, etc, etc, etc e dois dias depois do "rolo" começado, tudo acaba em mimimimi. Fala sério! Alguém aí avisa que isso é totalmente "cafona"? Depois chama eu de cafona, mas eu uso bom senso (aliás, hoje em dia, ele anda esquecido)!
Eu tenho namorado e sou cafona (está bom, eu assisti "Ela e os caras"!). A pergunta "cruel": - Tem namorado? - Tenho, tenho sim. Simples, viram? Qual o problema em se entregar ao sentimento e passar os melhores momentos da sua vida? Dane-se se tudo acabar amanhã, se foi uma perda de tempo estar 3 anos juntos com ele. Eu vivi e foi maravilhoso. Agora ficar nesse enrola, enrola, não dá. E se o seu querido "paquera" está te tratando como "rolo", pense bem e converse com ele, ele pode não estar tão a fim de você. ;)

6 comentários:

Adrielly Soares disse...

Ainda bem que me chamam de namorada :D
Mas eé tão ruim acabar um namoro de tanto tempo. =/
nunca eé perda de tempo, sempre se aprende alguma coisa não é?

Ps: eu também não consigo terminar os relacionamentos como no texto, acho que é por isso que o escrevi, uma das minhas incapacidades. esses personagens me realizam.
;D

;* linda

P.Campos disse...

Maravilhoso texto. Um ponto de vista diferenciado, difícil de se encontrar por aí...

Sil disse...

Olá, tudo bem?
Meu nome é Silvana(Sil) e gostaria de lhe dizer PARABÉNS!!!!!!Adoro pessoas inteligentes e bem humoradas.Adorei seu Blog.Leve, descontraido e com um bom conteudo!
Convido vc a visitar o meu Blog e da minha amiga Deia Também
http://www.depoisdodiva.blogspot.com/
Sou psicologa e vou adorar ler seus comentarios por lá.
Já sou sua seguidora.
Bjs e boa semana!
Sil

Gelson disse...

Oi
Gostei do texto, me fez lembrar a musica
Do Bruno e Marrone *Ficar Por Ficar*
É muito bom quando os dois tomam
Uma atitude, de assumir um compromisso
Para isso é necessário que aja amor e Respeito
Ficar por ficar faz o homem ou a mulher
Um objeto de prazer que vai durar uma semana ou uma noite.
Um grande abraço!
Video no youtube da musica ficar por ficar
http://www.youtube.com/watch?v=jiMb8jw_nMg&feature=channel

Dani Z disse...

Rolo é coisa de papel higienico hauhauhau.

Junie Nunes de Souza disse...

Ótima reflexão, Endry!

Acredito que tanta superficialidade seja devido ao fato de muitas pessoas não amarem, não saberem o que é de fato o amor... Muitas dizem "Eu te amo!" sem conhecer realmente o ser que ama. Outras se entregam às paixões do corpo em uma busca contínua por algo que falta a elas, porém, talvez elas nunca consigam descobrir um sentimento verdadeiro por medo de se entregarem realmente ao amor, aquilo que de fato é o amor...